quinta-feira, 25 de agosto de 2011

coragem

Só a coragem torna possível
o alargar dos nossos horizontes
e a realização dos nossos desejos.

Cada momento do nosso viver
exige um gesto de coragem
que nos prepara para pagar o preço necessário
à realização de cada um dos nossos sonhos.

A coragem implica o cultivar da sensibilidade e do amor,
que nos mantém na fidelidade
à nossa hierarquia de valores
e permite enfrentar novos desafios.

A coragem respeita o nosso «eu»...
E o «eu» do outro,
no risco contínuo do partilhar do ser...
No entrar no mistério do outro,
atingindo-o no mais fundo... ali...
Onde ele é ele próprio...

A coragem dá-nos força para a luta,
protege-nos interiormente
e motiva-nos a fazer coisas novas,
a aceitar novos desafios,
libertando-nos dos nossos medos mais escondidos.
 (...)

Ana Paula Bastos, em O Amor não se Diz

1 comentário:

  1. Muito bonito.

    Bjs

    http://rabiscosincertossaltoemceuaberto.blogspot.com/

    ResponderEliminar